Web Content Display Web Content Display

Tendencias

Asset Publisher Asset Publisher

Back

Entenda o que é Edutainment e conheça os benefícios gerados para as empresas

Entenda o que é Edutainment e conheça os benefícios gerados para as empresas

Cada vez mais empresas têm procurado investir na capacitação dos funcionários, de preferência fugindo um pouco das metodologias tradicionais. Mas como tornar o processo de treinamento mais dinâmico? Para isso, os profissionais de desenvolvimento de equipe realizam diversas pesquisas e estão sempre correndo atrás de atualizações. E se você chegou até este post é porque está interessado em saber mais sobre Edutainment, correto? O conceito une as palavras em inglês educação e entretenimento, o que já revela suas intenções: trata-se de uma forma de realizar treinamentos com uma estrutura mais ágil e participativa. Essa tendência é usada, portanto, para realmente conquistar a atenção da equipe. Continua se perguntando o que é Edutainment? Acompanhe os próximos tópicos para entender melhor esse conceito e aprender a aplicar o método no ambiente corporativo!

O conceito de Edutainment

Como você já viu rapidinho ali na introdução, Edutainment é um neologismo derivado da junção das palavras education e entertainment. É usado para caracterizar conteúdos que educam enquanto entretêm. E saiba: o método é uma grande tendência entre os especialistas em Marketing. Longe da ideia de uma palestra expositiva focada no apresentador, o conceito busca envolver os participantes com a ajuda de um ponto de vista lúdico. Dessa maneira, o processo de ensino se desvencilha daquela ideia de horas e mais horas maçantes, evitando assim a fuga para as redes sociais durante as capacitações. Basicamente, essa nova abordagem apresenta um caminho intermediário entre aprendizado e divertimento. A verdade é que, para aprenderem qualquer conteúdo de forma efetiva, os participantes devem ter um elo emocional com o assunto. Assim, ao mesmo tempo em que se divertem, também absorvem a cultura da empresa. Nesse contexto, uma capacitação sobre ética no ambiente de trabalho, por exemplo, deixa de ser apenas uma sessão de slides voltados para a educação corporativa, transformando-se em um momento de descontração e participação coletiva. Para deixar tudo ainda mais claro, conheça os pilares do Edutainment:

envolvimento;

• imersão;

• interação;

• diversão.

O Edutainment para as empresas

Segundo Luiz Castanha, diretor-geral da Telefônica ED, é preciso rever os treinamentos corporativos. De acordo com ele, "as empresas estão muito presas no que precisam fazer em vez de como. Elas pensam assim: preciso treinar minha força de vendas em habilidade nos produtos e serviços. Nem todas têm uma visão crítica de como fazer isso de uma maneira melhor. Ainda tem espaço para crescer, com as empresas conhecendo técnicas diferentes e inovadoras para poder aplicar em seu público-alvo". Para o especialista, é importante a aplicação prática do Edutainment. Ele prossegue: "podemos falar que a Telefônica ED está focada no 'o que' e no 'como' fazer. Às vezes, a empresa vem muito direcionada, com um briefing direto sobre treinamento em X coisa. A primeira etapa é entender se essa é realmente a dor do cliente, qual o problema do negócio que uma ação de capacitação pode resolver. Essa solução está ligada ao que ele pediu no briefing? Às vezes, podemos fazer o melhor treinamento possível, mas não tem uma relação de causa e efeito clara". É mais que possível perceber, portanto, que não basta simplesmente investir em qualquer treinamento. É preciso inovar e saber como envolver o time na atividade.

O surgimento da tendência

Na prática, o Edutainment busca superar as apresentações meramente conteudistas. Nesse modelo, as aulas, palestras e reuniões são moldadas para explorar ao máximo as competências dos colaboradores, instigando, questionando e fazendo com que a equipe use a lógica de forma divertida. O que você não deve saber é que, ainda que essa ideia pareça completamente nova, o termo já está na mídia desde a década de 40. A tendência teve início quando a Walt Disney Productions começou sua produção de documentários com foco em entretenimento educativo. Outro exemplo é a série televisiva Sesame Street, exibida nos anos 70, conhecida no Brasil pelo nome de Vila Sésamo. O programa apresentava noções educativas para o público infantil, mesclando humor, educação e diversão. Entre os temas abordados estavam números, letras, cores e higiene. No entanto, se antes a dúvida sobre o que é Edutainment ainda pairava no ar, hoje em dia, o conceito é visto como uma grande aposta para o futuro da educação. Cada vez mais, especialistas em ensino buscam revolucionar suas técnicas com educação digital, ambientes virtuais de aprendizado, conceitos de jogos aplicados ao ensino (gamificação) e aprendizagem ativa.

A explicação científica

Para aplicar o conceito de forma prática, é preciso cativar a atenção do grupo. Para tanto, é fundamental lançar mão de técnicas de engajamento e cooperação entre os colaboradores. Lembre-se sempre de que uma equipe altamente motivada apresenta resultados também altamente satisfatórios. Tomando como referencial teórico a Neurociência, devemos observar o Cone da Aprendizagem, terminologia cunhada por William Glasser. De acordo com o estudo, em um processo de aprendizagem, os participantes absorvem:

10% do conteúdo que leem;

• 20% do conteúdo que ouvem;

• 30% do conteúdo que observam;

• 50% do conteúdo que veem e ouvem;

• 70% do conteúdo que debatem com outros;

• 80% do conteúdo que escrevem ou interpretam;

• 95% do conteúdo que explicam para outros.

Diante disso, fica fácil perceber que uma abordagem focada somente em exposição visual e auditiva atinge apenas 50% da capacidade total de aprendizado. Por outro lado, debater, interpretar e explicar, que são formas de colocar em prática o que foi aprendido, é um combo que pode gerar absorção de 70% a 95% do conteúdo.

 

A incorporação da ideia

Como já sabe, a ideia do Edutainment é trazer uma forma divertida e interativa de aprendizagem. Com isso, a equipe passa a estar no centro do processo, criando, imaginando, pensando, solucionando e praticando atividades que levem ao pensamento crítico sobre o tema. E o melhor é que é possível aplicar o conceito usando técnicas bem simples, como:

jogos educativos;

• filmes;

• storytelling;

• seriados;

• música;

• programas de TV;

• quizzes;

• simuladores;

• aplicativos;

• aprendizado online;

• dinâmicas.

O importante é que a apresentação proporcione um ambiente comunicativo, em que todos aprendam enquanto realizam tarefas recreativas.

 

Os principais benefícios

O Edutainment apresenta muitas vantagens quando aplicado em reuniões, apresentações e capacitações corporativas. O especialista Luiz Castanha cita: "vejo uma adesão mais rápida do treinamento, um engajamento maior do público com o conteúdo, um maior interesse sobre o assunto. Consequentemente, se você tem mais interesse, vai gravar mais e conseguir aplicar melhor". Entre os maiores benefícios gerados estão os que separamos a seguir!

 

Atrair a atenção dos funcionários

Ao explorar dinâmicas e práticas com base em jogos, os colaboradores acabam sentindo que a atividade pode ser interessante. Isso cativa a atenção para a reunião, que passa de um momento entediante e previsível para algo inesperado e prazeroso.

Transformar treinamentos em diversão

Longe da ideia de passar horas assistindo a uma palestra, os treinamentos fomentados pelo Edutainment envolvem toda a equipe. Ao levantar da cadeira e entrar em ação, o tom do encontro muda e os funcionários conseguem desenvolver melhor a temática apresentada. Isso se deve ao fato de aplicarem o que aprendem e não somente ouvirem o conteúdo.

 

Dinamizar o ensino

Essa é uma grande vantagem de aplicar técnicas que unem educação e entretenimento. Nesse cenário, um assunto denso, que seria dissertado por horas e horas, pode ser resumido em um vídeo com o conceito de storytelling, com uma história sendo capaz de explicar a importância do que é debatido.

Impulsionar o processo de aprendizado

Tomando como pressuposto a Pirâmide de William Glasser, podemos dizer que quanto mais participativo é o processo de ensino, maiores são as chances de absorção do tema. Com isso, o aprendizado passa a acontecer de forma mais rápida e eficiente.

 

Proporcionar maior absorção do conteúdo

Quando o aprendizado é acompanhado pela diversão, a temática é lembrada com mais facilidade. Logo, ao pensar no tema de trabalho em equipe, por exemplo, o colaborador associará a uma dinâmica em que todos precisaram pensar juntos para achar a solução de um desafio — o que também pode acontecer nas rotinas do escritório. Como você pôde ver, a dúvida sobre o que é Edutainment já não está mais em debate. Agora, o que os profissionais de desenvolvimento e capacitação buscam é aplicar esse conceito, ampliando os resultados corporativos e motivando os colaboradores, além de atuar engajando setores e equipes. Caso tenha interesse em modernizar e dinamizar os treinamentos em grupo da sua empresa, não deixe de entrar em contato conosco! Apresentamos as melhores soluções em capacitação online e presencial para atender a suas necessidades. O que ainda está esperando?



No comments yet. Be the first.